segunda-feira, 16 de maio de 2016

O melhor da vida - À descoberta do nosso Algarve

É partir cedo de casa sem rumo certo, é ir à descoberta do nosso Algarve, num dia de "quase" Verão, sim, porque por aqui é mesmo isto, ou chove ou faz um calor que não se aguenta!
Uma praia que eles não conheciam, ocupada por muitos estrangeiros e quase nenhuns portugueses, muitos corpos branquinhos a torrar ao sol e apenas dois algarvios de gema na água, fria como tudo.
São corajosos estes meus dois filhos, faça chuva, faça sol, em frente a um oceano imenso, não há que enganar...
Soube bem vê-los soltos, tão felizes. 
A praia é isto, é liberdade, é o nosso elemento.




segunda-feira, 9 de maio de 2016

Mãe de dois...#3

G: - Mãeeeee!
Eu: - Sim G.?
G: - De onde vêm as cobras? Elas nascem como?
Eu: - As cobras nascem de ovos G.
G: - Onde é que se compram esses ovos?
"Whaaaat???"

Pequeno-almoço

Super simples, rápido de fazer, com cores giras e um cheiro delicioso! 
Foi assim o pequeno almoço de hoje:
Uma banana esmagada, albricoque (alperce) e morangos, acompanhados de um punhado de aveia e sementes tostadas. 
Com um sol tímido à espreita e um coração cheio...
Boa semana!
 

Segundas são para (re)começar...

Por vezes as segundas-feiras são cinzentas outras azul celeste, com mais ou menos brilho, mas são, sem dúvida, uma excelente oportunidade de novos (re)começos.
Vamos lá fazer desta uma boa segunda-feira!

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Novas versões, novos sabores...

Não foi a primeira vez que experimentei fazer panquecas mais saudáveis, com ingredientes alternativos mas confesso que de todas, esta foi a receita que mais gostei. Super simples de fazer, com ingredientes que costumo ter por casa, é deliciosa!
A aveia confere-lhes outra textura, a banana dá-lhes um sabor diferente e a cor não é a mesma, o que causou na pequenada cá de casa uma certa relutância em provar... e gostar! Franziram o nariz e de imediato reclamaram a receita tradicional.
É tramado incutir novos hábitos na alimentação quando levamos anos a cometer erros e a dar-lhes "mais do mesmo"...
Mas o que importa realmente é estar sensibilizado e manter o foco, aos poucos chego lá...


Para as 6 panquecas (pequenas) :
Esmaguei meia banana, juntei-lhe um ovo batido, 2 colheres de sopa (mal cheias) de farinha de aveia, uma colher de chá de mel e uma pitada de sementes de chia (alterei um pouco a receita original). 
Servi com uma colherada generosa de iogurte natural, um fio de mel e morangos que adoro!!!


terça-feira, 3 de maio de 2016

Espaços lindos que me inspiram...








Mãe de dois... #2

G: - Oh Mãeee! Quando é que eu vou ficar grande, já tou farto de ter 5 anos!!!
Eu: - Ainda falta um bocadinho, mas é tão bom ser pequenino!...
J: - Cá eu não quero crescer!
Eu: - Porquê J.?
J: - Olha!!! Para poder brincar e não ter as chatices dos IRS e aquelas cenas...

segunda-feira, 2 de maio de 2016

O melhor da vida - Dia da Mãe

Fica a memória de um dia de sol, de quase Verão... Passado como gostamos mais, os quatro juntos em sitios que nos fazem bem.
Se foi um dia especial? Foi como muitos outros, um domingo em família, com mais ou menos beijos, com mais um menos birras, com mais ou menos "amo-te muito". 
Não fizemos deste dia, um dia melhor ou pior, vivemo-lo de coração cheio, sem espectativas, nem grandes planos.
Eu, desliguei de qualquer distracção e foquei-me neles, foquei-me em nós. Substituí o telemóvel pela lente da minha máquina fotográfica, substituí as redes sociais pelos estimulos dos meus cinco sentidos.
Eles, riram, choraram, discutiram, brincaram, fizeram birras, deram abraços...
Nós, caminhámos de mão dada, demos beijos e sentimos que somos "um só, com mais dois ", que somos família, perfeita na sua imperfeição.
Demos tempo a nós e demos tempo aos avós, sobretudo às avós, porque também elas são mães, as nossas mães e este também foi o seu dia...